Ricardo Cabianca Propósito: desenvolver negócios que causem real impacto positivo na sociedade.

3 dicas para vender autoparts na internet

4 min | leitura

vender autoparts na internet

Quem trabalha no setor Automotivo já deve imaginar sua dimensão para o país. Ele corresponde a 4% do PIB nacional e é responsável por 12% da arrecadação de impostos. Entretanto, foi o último grande setor a descobrir o ambiente online.  Por isso, ainda há muitas dúvidas sobre como vender autoparts na internet.

Após o artigo Vale a Pena Vender Autopeças na internet?, este texto vai lhe dar 3 dicas de estratégias de vendas online.

Conforme dados da pesquisa  Webshoppers do Ebit|Nielsen, o mercado de acessórios automotivos representa mais 2,5% do faturamento do comércio eletrônico brasileiro. Assim como, este segmento está consagrado como a líder de vendas no Mercado Livre desde 2014.

Alguns dos fatores que contribuem para este potencial, ainda pouco explorado, são: a variedade de produtos e marcas no mercado e o ticket médio atrativo. Bem como, a necessidade constante de produtos para reposição e a crescente importância do setor de pós-venda e manutenção nas concessionárias, mecânicos e no mercado em geral. 

É claro que sabemos que o comércio eletrônico é um desafio. No entanto, é possível destacar-se, oferecendo uma experiência diferenciada ao cliente por meio da a transformação digital. O consumidor atual deseja opções de atendimento que não seja só o balcão, mas também o televendas e a internet, uma experiência omnichannel.

Dessa forma, a experiência de compra muitas vezes começa por pesquisas virtuais e se concretiza na loja física somada ao serviço. Em casos B2B, isso também pode acontecer. O caminho contrário também é comum, pesquisar o preço na loja e comprar na internet. Não há mais barreiras.

Por isso, continue a leitura para descobrir como potencializar as vendas da sua loja por meio do canal digital pensando na melhor experiência para o cliente!

Dicas para potencializar suas vendas online de autoparts

Antes de mais nada, é importante destacar a necessidade de uma estratégia de negócio bem definida para o ambiente digital. Ela é crucial para manter foco na operação e a performance.

A criação de uma loja virtual e/ou marketplaces são estratégias importantes para um negócio desenvolver-se, principalmente no segmento automotivo. Esses formatos garantem a compra 24 horas por dia, 7 dias por semana. Assim promovem mais  facilidade na hora de pesquisar e até processos de pagamentos descomplicados também.

Seja para a venda B2B, para o consumidor final ou para oficinas mecânicas e portais de peças, é importante contar com uma solução tecnológica (plataforma) confiável e escalável.

Confira as próximas três dicas:

Aumentar os canais de vendas com marketplaces

Existem formas diversas de vender na internet. O caso mais comum de e-commerce é a loja virtual. Mas, investir na diversificação de canais é fundamental para as lojas que desejam aumentar o fluxo de clientes. 

Por meio da venda em marketplaces, há o potencial de ampliar o alcance de uma loja ou marca.

Em suma, Marketplaces são conhecidos como shopping virtuais que permitem a venda por parte de diversos lojistas e geralmente, diversas categorias de produtos ou serviços. A monetização destes canais ocorre por meio de comissão percentual das vendas. Alguns exemplos são o Mercado Livre, o Submarino e a Amazon. Exclusivamente para o setor automotivo há o Canal da Peça.

Entre as vantagens desses canais de venda estão:

  • o tráfego alto e qualificado; 
  • o alcance geográfico;
  • os baixos custos de marketing e operação em geral, se comparados a um e-commerce próprio. 

Primeiramente, nos marketplaces a reputação da loja tem grande influência para o consumidor. Nesse contexto, é primordial ter em vista a reputação da loja para obter destaque. Isso é possível enviando produtos de qualidade, no prazo, respondendo dúvidas dos clientes rapidamente e investindo em bons anúncios…

As imagens devem ter qualidade profissional e detalhamento dos produtos em diferentes ângulos, para compensar a falta do contato físico. O mesmo é importante quando fala-se do texto do anúncio. Sobretudo, ele deve conter todas as informações como especificações técnicas, modelo, origem, compatibilidade da peça.

Assim também temos outro aspecto importante para reputação: as avaliações dos consumidores. Redes sociais e sites como o Reclame Aqui devem ser analisados e todas as reclamações devem ser respondidas com educação, em busca de soluções.

Para estimular ainda mais o relacionamento com os clientes, é importante que haja um pós-venda focado no atendimento, nos prazos de produtos, trocas, devoluções e pesquisas de satisfação. Uma dica interessante é ter no site um formulário de contato e-mail  ou chat e página de FAQ sempre atualizada. 

Posteriormente, logo abaixo vamos falar mais sobre o que vender!

Mix de produtos e kits

Primeiramente, é necessário conhecer os principais produtos vendidos e as estratégias do mercado. Assim será possível definir o portfólio de acordo com o que realmente é buscado na internet.

Da mesma forma, deve-se investir na qualidade dos produtos, principalmente no ramo automotivo. Itens originais ou paralelos de boa procedência e de marcas reconhecidas no mercado fazem a diferença para reputação. 

Ainda sobre o tópico do mix de produtos, adquirir estoque em quantidade pode ajudar a reduzir gastos. Há também a possibilidade de apostar na venda de kits para produtos de baixo valor. Assim, unindo vários exemplares, a concessionária pode aumentar o ticket médio e oferecer frete grátis, por exemplo. Isso pode ser feito com base em  peças essenciais para um conserto específico, com um kit para troca de óleo, por exemplo. 

Alguns produtos com grande potencial de vendas, de acordo com a experiência do HUB.MOB1.PARTS, são amortecedores, baterias, suspensões, freios, embreagens, faróis, lâmpadas, lubrificantes e pneus.

O Mercado Livre disponibiliza uma área de Tendências na qual é possível ver os produtos mais buscados por categoria. No caso da divisão “Acessórios para Veículos” estão:

  1. pneus 16 205 55
  2. reparo de corneta
  3. pingo de led
  4. retrovisor bros 160
  5. ventilador de teto com controleventilador teto sem controle
  6. drive titanio
  7. volante do gol g3 2001
  8. ultra led shock light
  9. volante ford ka 2009
  10. botão vidro gol
  11. jogo rodas aro 17 4×100

No próximo tópico falaremos sobre ações promocionais, estratégias e datas. Continue a leitura:

Campanhas promocionais

Campanhas promocionais têm diversas vantagens! Elas atraem e fidelizam clientes, giram o estoque, impulsionam as vendas, melhoram as taxas de conversão e até o ticket médio. 

Dentre as principais estratégias para autoparts é possível criar kits de produtos, dar descontos progressivos (quanto maior o valor de compra, maior o desconto), criar programas de fidelidade, categorizar promoções por marcas, ou até mesmo queimar estoque, focando em produtos que estão ficando obsoletos e tem maior margem de desconto. 

Da mesma forma, utilizar datas conhecidas no e-commerce como Dia do Cliente e Black Friday são ótimas ideias para atrair resultados. No entanto, é extremamente importante realizar um planejamento financeiro, de precificação e de estoque ao criar campanhas promocionais e determinar o valor dos descontos.

Por fim, aproveite essa oportunidade

Isto posto, o comércio de autoparts online é um terreno fértil para o mercado brasileiro. No entanto, para se destacar nesse segmento necessário muita pesquisa e visão estratégica., além de pesquisar técnicas comerciais e soluções tecnológicas de confiança.

Nesse contexto, o HUB.MOB1.PARTS é uma plataforma que conecta o estoque da sua loja física a um catálogo de produtos, automatizando a produção e publicação dos anúncios nos maiores Marketplaces do Brasil: Mercado Livre, Americanas, Shoptime, Submarino. Ele conta com mais de 50 recursos e funcionalidades de inteligência e gestão de vendas,  assim como um catálogo de produtos com fotos e descrições profissionais de autopeças originais das principais montadoras do país. Não deixe de conhecer o HUB.MOB1.PARTS!

Gostou das nossas dicas sobre como vender autoparts na internet? Então assine a nossa newsletter para ficar por dentro de todos os nosso assuntos.

Ricardo Cabianca Propósito: desenvolver negócios que causem real impacto positivo na sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *