[ editar artigo]

Já usou o carsharing?

Já usou o carsharing?

Eu confesso que descobri o carsharing há pouco tempo, mas desde o dia que usei o serviço pela primeira vez, adotei pra vida! Você conhece? Vou contar aqui todas as vantagens e como ele resolve nossos dias de um jeito bem prático e barato.

Começando por quem ainda não ouviu falar nada, o carsharing nada mais é do que um sistema de compartilhamento de veículos (não é carona), por um aplicativo que instalamos em nosso smartphone. Encontramos os carros, fazemos as reservas, o pagamento, fica tudo resolvido de um jeito muito simples.

A minha história de amor com o carsharing começou em um dia de trabalho que poderia ter dado errado. Eu faço muitas reuniões e apresentações de produtos externas, e um dia o carro da empresa não estava disponível e eu realmente precisava atender um cliente importante.

Eu estava sem saber o que fazer para resolver a situação, foi quando um colega de trabalho deu a ideia de usarmos o carsharing, era uma maneira barata de resolver o problema e ter um carro disponível para visitar o cliente no momento em que eu precisava. Eu pagaria uma vez só, e não teria nem que esperar um taxi ou uber.

Eu aceitei a sugestão, testei e hoje posso afirmar, o serviço funciona e tem um excelente custo x benefício. Foi fácil agendar, retirar e devolver o carro que estava em boas condições de uso e limpinho.

Quais os modelos e como usar Carsharing?

Há duas modalidades principais de compartilhamento de carros, o carsharing, algumas empresas têm frota 100% própria, e a outra maneira são carros de pessoas que compartilham o uso com outras pessoas no tempo que o carro ficaria estacionado. É um jeito do dono do carro ganhar um dinheiro e de quem aluga economizar muito.

Já é usado no mundo inteiro e que aqui no Brasil começou a ganhar força em 2017, com a Zazcar, que usa o modelo chamado de roundtrip. Nesse sistema o usuário pega e devolve o carro num mesmo local. A maior parte dos locais em São Paulo fica em estacionamentos próximos as estações do metrô.

Já o app Moobie é diferente, o proprietário do carro se cadastra e quem deseja alugar também, pelo App as pessoas conversam, trocam informações, fazem as reservas, combinam as retiradas e devoluções. O aplicativo ajuda muito com a segurança dos dados, fazendo validações e também o pagamento sem risco para quem está oferecendo o serviço.

O roundtrip é o sistema em que pegamos e devolvemos o carro no mesmo lugar, o valor mínimo é de R$ 20,00 e tem pacotes diferentes, quem vai usar o carro bem rapidinho pode pagar por minuto, custa na média R$ 1,20 o minuto. Mas também tem planos para 12, 24 e 48 horas.

No sistema one-way pegamos o carro em um ponto combinado e depois combinamos um outro ponto para entrega, que não precisa necessariamente ser o local de origem. Esse sistema é menos comum, mas facilita bastante a vida.

Vantagens

O carsharing além de ser um grande facilitador do nosso dia a dia tem outras vantagens. A pesquisa Shared Mobility da Universidade da Califórnia mostra que 25% das pessoas que utilizam o carsharing venderam seus carros e outros 25% adiaram a compra de um carro novo.

Outra vantagem incrível do carsharing é a diminuição dos poluentes dos carros. É possível que menos pessoas tenham carro e que se utilize melhor a frota existente, de um jeito muito mais inteligente. Assim, o trânsito melhora e o meio ambiente agradece.

E aí, ainda quem quer comprar um carro ou quer achar um meio de economizar? 

MOB1.CLUB
Thais C.
Thais C. Seguir

Admiradora de tecnologia e novidades!

Ler matéria completa
Indicados para você