[ editar artigo]

Combustíveis: qual polui menos?

Combustíveis: qual polui menos?

 

Na hora de se locomover pelo mundo, pensar no combustível utilizado é fundamental. Não só pelo rendimento com seu veículo e seu trajeto, mas também pelo potencial poluente de cada uma das opções.

 

Qual tipo de combustível escolher?

Considerando o contexto ambiental e também o surgimento dos carros flex (que funcionam com álcool e gasolina), a discussão sobre a escolha de combustíveis se tornou bastante popular. Em linhas gerais, podemos dizer que os fatores de influencia no potencial poluente de um combustível são dois: ingredientes do combustível e o processo de combustão.

Pensando nisso, vamos aos tipos de combustível para entendermos qual é a eficiência de cada um, tanto para o carro quanto para o ambiente:

Diesel:

Veículos a diesel normalmente são pick-ups e autos de grande porte. Isso porque esse combustível detém mais energia por unidade de volume, o que proporciona maior potência do motor, garantindo melhor quilometragem.

Embora tenha uma boa eficiência no rendimento, o diesel é um derivado de petróleo bruto e contém enxofre em sua composição, substância extremamente prejudicial para a atmosfera. Durante a combustão, a queima produz monóxido de carbono (CO) e alguns óxidos nitrosos (NOx). Esses atributos tornam o diesel altamente poluente, ainda que carregue melhor eficiência de combustão.

 

Gasolina:

Assim como o diesel, a gasolina deriva-se do petróleo bruto e, durante a queima, produz CO (monóxido de carbono) e NOx (óxidos nitrosos) -  o que confere um índice poluente alto. Ainda assim, o diesel e a gasolina se diferem pelo fato de o segundo ser um hidrocarboneto mais leve. É por não necessitarem de uma energia por unidade de volume tão grande que os veículos hatchs, sedãs e SUVs são os modelos que comumente fazem uso da gasolina. 

 

Álcool:

Também conhecido por etanol etílico, o álcool é produzido pela fermentação a partir da cana de açúcar. Isso confere a esse combustível um alto poder calorífico, o que faz com que os veículos andem mais enquanto queimam menos. 

Além de ter maior rendimento que os combustíveis citados anteriormente, o álcool também polui menos. Isso acontece graças ao catalisador que, na hora da combustão, funciona como um redutor da emissão de gases poluentes.

 

GNV:

O GNV é uma substância gasosa que, embora tenha origem no petróleo, é formada por hidrocarbonetos na faixa do metano e do etano. Isso significa que sua combustão é mais completa, deixando menos resíduos poluentes que os demais tipos de combustível. 

Como citado nesse post aqui, o Gás Natural Veicular, como é chamado, também é uma opção mais econômica para motoristas que rodam muito com seus veículos; além de garantir um desconto de 70% no custo do IPVA - o que pode ser muito útil no caso de um carro de luxo, por exemplo. 

 

Energia Elétrica:

Para veículos elétricos, é esse tipo de energia que faz a coisa toda acontecer. A "mágica" acontece a partir de indução elétrica - que nada mais é que energia elétrica passando por fios. Essa energia é armazenada em baterias recarregáveis que funcionam de fonte para o funcionamento do motor. 

 

Biocombustíveis:

Etanol, biodiesel, biogás e óleo vegetal. O que todos esses combustíveis têm em comum? Eles têm origem em fontes biológicas ou naturais. Dessa forma, o funcionam pela queima da biomassa ou derivados.

Além do menor índice de poluição gerado durante a queima, os biocombustíveis também são mais amigáveis para o ambiente pelo fato de serem cultiváveis - eles são renováveis. Em contrapartida, necessitam de grandes áreas agricultáveis.

 

Em linhas gerais, vale dizer que todos os combustíveis produzem dióxido de carbono - o grande vilão do aquecimento global. Ainda assim, é importante observar toda a cadeia de geração de um combustível na hora de encher o tanque: se a energia for gerada por uma usina de carvão ou petróleo, estes motores vão poluir mais do que a energia proveniente de usinas hidroelétricas ou a gás natural, por exemplo. Nesse sentido, outras fontes também podem ser a energia eólica e solar, menos poluentes ainda.

Ainda assim, com informação e consciência, é possível (e necessário) repensarmos a quantia de resíduos que deixamos pelo mundo enquanto nos movemos. 

O que você acha? Qual é o combustível que usa em seu carro? Já tinha parado pra pensar no índice poluente dele? Conte aqui nos comentários!

 

MOB1.CLUB
MOB1 ONE
MOB1 ONE Seguir

BUSCAMOS NOVAS RESPOSTAS PARA A MOBILIDADE E ELAS COMEÇAM POR VOCÊ!

Ler matéria completa
Indicados para você