[ editar artigo]

O trânsito e os motociclistas: porquês e respostas.

O trânsito e os motociclistas: porquês e respostas.

Em 2017, a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motos e Motonetas) e a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) realizaram pesquisas sobre o perfil dos motociclistas brasileiros e divulgaram o seguinte resultado: 40% afirmaram que a razão de ter comprado a moto era justamente não querer usar o transporte coletivo. A não ser que haja uma milagrosa e repentina melhora dos nossos ônibus e trens, possivelmente esses números aumentarão ainda mais.

Por que a Moto é o Meio de Transporte mais Desejado no Brasil?

Não é surpresa que hoje a moto é o "motorizado" mais desejado no país. Rápida, de baixo custo em comparação com o carro, dribla engarrafamentos e substitui animais de tração com eficiência. De acordo com levantamento sobre a frota de veículos no Brasil divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) ano passado, o número de motocicletas já era maior que o de carros em 45% das nossas cidades!

Todas essas estatísticas não estariam nada mal se hoje os motoqueiros não figurassem no primeiro grupo que mais sofre acidentes de trânsito com óbitos e lesões graves. Infelizmente essa é uma triste realidade do trânsito com a qual temos que ir convivendo sem muitas expectativas de avanços. Basta ir lá site no Observatório Nacional de Segurança Viária e pesquisar. Nossos acidentes viários matam mais do que as armas de fogo no Brasil. E sabe o que é pior? Não causam a mesma comoção.

Por que a Maior Parte dos Acidentes de Motos Envolvem Pedestres?

Boa parte desses acidentes com as motos envolvem justamente os pedestres. Se você digitar no Google as palavras “moto”, “acidente” e “pedestres” virão centenas de notícias frescas nos resultados da pesquisa. Pedestres que foram atropelados por motos, claro. A última delas aqui no Rio foi justamente no último sábado, ironicamente o dia do motociclista. Dois motoqueiros disputavam corrida quando um deles atropelou um rapaz jovem que atravessava a rua no bairro de São Conrado.

Não se trata de “demonizar” as motos. Afinal pedestres também são vítimas de outros modais. A questão é que, embora estejam crescendo em frota rapidamente, as motos são aquelas que menos respeitam as leis de trânsito. Sobretudo o grupo das entregas. Aqui no Rio a bandalha é gigantesca e a olhos vistos: avanço de sinal frequente, contramão, ultrapassagem pela direita, estacionamento irregular e uso de vias exclusivas para pedestres (calçadas, ciclovias e até passarelas!).

Nossa indignação é grande, claro. Tão grande que no ano passado nos aproximamos do Detran do Rio de Janeiro para saber como era a formação do motociclista. A ideia era poder fazer uma interação com os alunos do curso para conhecer a versão deles, entender os problemas através de uma visão mais empática. No entanto, não conseguimos avançar e engavetamos o projeto. Talvez tenha sido melhor não entrar no vespeiro.

Direção Defensiva para Motoqueiros 

A situação é tão drástica que em São Paulo duas empresas que realizam entrega com motos fecharam um acordo com a prefeitura no mês passado para oferecer cursos de direção defensiva e fazer mais campanhas de segurança. É uma boa medida, é um começo, mas é apenas uma porcentagem da solução. Certamente os empresários precisam fazer a sua parte oferecendo condições mais dignas de trabalho para a rapaziada – desde salários até mesmo equipamento, por que não?

Pense: se você soubesse que uma empresa orienta seu funcionário a conduzir com responsabilidade e respeitar o trânsito mesmo que a entrega demorasse um pouco mais, você deixaria de fazer a encomenda? Acredito – e espero estar certa – que muita gente gostaria de saber que sua comida ou correspondência chegou até sua porta sem que o motoqueiro tenha se machucado ou machucado um ciclista ou um pedestre. Precisamos, com urgência, pensar nisso e cobrar essa mudança. Sem esquecer da fiscalização e, obviamente, de uma formação eficiente e atualizada. Para todos, absolutamente todos.

MOB1.CLUB
Thatiana Murillo
Thatiana Murillo Seguir

Fundadora do movimento Caminha Rio

Ler matéria completa
Indicados para você