[ editar artigo]

Gestão de Frotas Com Monitoramento de Fadiga para Cargas Perigosas

Gestão de Frotas Com Monitoramento de Fadiga para Cargas Perigosas

Todos sabemos o perigo que é quando um condutor acaba dormindo no volante, agora imagine quando isso acontece quando o condutor leva uma carga perigosa? Realmente é algo que as empresas que gestão de frotas estão cuidando cada vez mais.

Monitoramento de Fadiga para Cargas Perigosas

Atualmente existem várias formas de identificar se o condutor está cansado e uma delas é a instalação de sistema de monitoramento facial anti-fadiga.

Como Funciona o Sistema de Monitoramento Facial

O sistema é conectado ao sistema de telemetria do equipamento, facilitando o gerenciamento de eventos do motorista. Com isso cada movimento ou ação do motorista é analisado.

Eventos Monitorados Pelo Sistema

Segue abaixo quatro eventos que são monitorados constantemente pelo sistema facial anti-fadiga:

•    5 segundos de distração com alarmes sonoros na cabine;
•    Distração enquanto fala ao telefone;
•    Fumar dentro da cabine;
•    Violação do sensor;

Os pontos acima podem causar acidentes graves durante o trajeto do motorista. Muitos já sabemos pelas leis de trânsito de nosso País, mas mesmo assim precisam ser reforçados pois muitas pessoas ainda não seguem as leis de trânsito corretamente.

Impacto alcançado e eficácia geral do controle:

  • Redução na avaliação e controle do risco no local de trabalho;
  • Monitoramento comportamental para o uso de equipamentos de segurança;
  • Monitoramento operacional para condução segura e adequada;
  • Verificação de risco ergonômico ao usar o assento;
  • Verificação ergonômica de riscos na instalação do ar condicionado;

 

Gestão de Frotas

 

O retorno financeiro do investimento ocorreu em 01 mês de operação e ainda conseguimos identificar benefícios adicionais em nossa operação:

Melhoria da disponibilidade = Houve um aumento de 4% na disponibilidade física da frota de caminhões de combustível em comparação aos cinco meses anteriores ao monitoramento. Isso representou 86,89% a 91,26%.


 

Ler matéria completa
Indicados para você