[ editar artigo]

Mulher escolhendo carro...oh my goodness!

Mulher escolhendo carro...oh my goodness!

Se você é mulher e está lendo este texto, calma, não é bulling com as mulheres, vou apenas compartilhar minha experiência! :D

Quando morava na Bahia recebi uma proposta de trabalho para voltar pra Curitiba.
Como eu faria a mudança sozinha (foto), me sobrou apenas uma semana antes de eu assumir o novo cargo.

Acabei vindo antes do marido e fiquei incumbida de receber a mudança, arrumar tudo e o principal: comprar um novo carro. 
Precisaria do carro para trabalhar e levar o filho na escola, mas tinha poucos dias para fechar o negócio.

Eu tinha em mente algumas coisas que determinariam minha escolha:

- Tinha um limite de quanto poderia gastar (infelizmente!)
- Queria um carro sedan porque carrego o mundo no porta malas.
- Queria uma direção levinha por motivos óbvios. 
- Queria um motor bom pra pegar estrada, porém econômico na cidade, porque meu antigo carro gastava muito na cidade!

Com isso em mente visitei algumas marcas: Fiat, Renault, Citroen, Jac, Toyota, Nissan e Hyundai.
Quando ia na concessionária eu ficava um pouco confusa, porque ao perguntar sobre o modelo X, o vendedor dizia que custava tanto, porém sem isso e sem aquilo outro.
Aí eu entendia que na verdade o carro que eu estava vendo não era o carro do preço informado, rs.

Eu fazia alguns cálculos junto com o vendedor, pra saber quanto ficaria a parcela com o valor que eu tinha pra dar de entrada. 
No fim eu saía com aqueles folders cheios de rabiscos e guardava tudo em uma pastinha.

Já estava trabalhando quando ainda não havia decidido que carro comprar, mas precisava fechar o negócio logo.

(Além do carro eu estava escolhendo alguns moveis pra casa...contratando serviços de internet, etc..quem já passou por isso sabe o reviravolta!)

Num dia a noite, depois do trabalho olhei e revisei aquela pasta cheia de papeis rabiscados, então levantei as diferenças, pois o preço dos veículos eram praticamente os mesmos, o que anotei foi:

- Design do painel: eu lembrava do painel e acabamentos que cada um oferecia e os que mais tinham me agradado.
- Tempo que ofereciam de Garantia: variava de 2 a 5 anos.
- Preço das Revisões: isso varia muito de uma marca pra outra e pra mim foi um dos ítens que pesou bastante.
- Localização da fábrica: que determina o tempo de espera pelas peças.
- Desvalorização da marca: para revender posteriomente.
- E até o atendimento que recebi na concessionária: algumas definitivamente não passaram no teste.

Então resolvi fazer testdrive com 2 modelos que passaram no meu crivo! E é claro que o Testdrive fez toda a diferença! 

Outra ferramenta que usei para tirar a dúvida foi o Facebook. Postei a dúvida que eu estava para ter a opinião de amigos. 
Isso me ajudou bastante, porque sinceramente não entendia muito de carros (pelo menos nesta época! rs). 

...até que "tharã"! Cheguei a uma decisão!


No fim abri mão do design, dei preferência a um modelo que gostei muito no testdrive.
Este modelo também tinha boas notas por avaliadores, tinha uma garantia mediana, preço de revisões bem baratas e a desvalorização era baixa.

E o melhor, cabia no meu bolso! :D

E você? Como foi quando teve que escolher seu carro? 
Se tiver dicas de como "pesquisar" antes de comprar um carro...compartilha aqui que quero ler todas pra não passar sufoco na próxima vez!!! haha

MOB1.CLUB
Giovana Felix
Giovana Felix Seguir

Publicitária, mãe, adora viajar, ama estar com a família e fazer novos amigos.

Ler matéria completa
Indicados para você