[ editar artigo]

UBER Voador Está Cada Vez Mais Próximo da Realidade

UBER Voador Está Cada Vez Mais Próximo da Realidade

Pedir um Uber voador já está bem próximo de acontecer. A EmbraerX, divisão de tecnologia e mobilidade da Embraer, já possui um modelo para testes e os detalhes foram revelados durante uma conferência da Uber em Washington, nos Estados Unidos.

O desenvolvimento acontece desde 2017 e a previsão para o primeiro teste esta marcada para 2020 durante a Dubai World Expo. Intitulado Electric Vertical Take-off and Landing (eVTOL), o projeto consiste em se tornar uma linha de táxis, só que voadores.

Em 2016 a Uber testou na cidade de São Paulo o ‘Ubercóptero’, que permitia usuários a chamarem helicópteros nos helipontos dos principais picos da cidade com preço inicial de R$66,00. O serviço não deu certo e a empresa encerrou o serviço pouco tempo depois.

Agora, com o projeto da EmbraerX, o eVTOL, a proposta é que o transporte seja acessível a todos os usuários. 

“Não será uma aeronave VIP, exclusiva, mas algo para uso da massa”, disse Antonio Campello, CEO da EmbraerX, segundo a revista Veja.  

O desenvolvimento da aeronave também será o mais simples possível, sempre focando na sustentabilidade, o que incluiu: funcionamento elétrico e ruído quase imperceptível.

“Unimos a visão do desenvolvimento centrado no ser humano com os nossos 50 anos de expertise em negócios e engenharia de uma forma única” revela Antonio Campello.

Apesar da ideia e projeto já estarem avançados a questão de valores para o serviço ainda não foram divulgados.

Resultado de imagem para uber voador

Como Será a Segurança desse Novo Modelo de Uber?

Para garantir a segurança e confiabilidade dos usuários a empresa diz que aplicou sistemas de redundância similares aos de aeronaves. Por exemplo, se um equipamento falhar, o outro entra imediatamente entra operação. Na propulsão, é usado um sistema de oito rotores, o que, sempre de acordo com a fabricante brasileira, emite baixos ruídos. Mark Moore, diretor de engenharia de aviação da Uber, afirmou que “está ansioso em continuar colaborando com a Embraer para desenvolver um veículo aéreo de compartilhamento silencioso, sustentável e seguro”.

Como Serão os Testes?

O serviço deve funcionar da forma como conhecemos hoje ao pedir corridas para o aplicativo. Os veículos voadores não serão produzidos pelo Uber, mas sim por empresas parceiras, como a EmbraerX. O eVTOL será o primeiro de muitos modelos a serem testados em breve.

Em 2020, a UBER pretende iniciar o teste dos veículos voadores em três cidades: Melbourne na Austrália, Los Angeles e Dallas nos Estados Unidos. Apesar do envolvimento da EmbraerX, ainda não há previsão da chegada do serviço ao Brasil.

Outras cinco empresas – Boeing, Bell, Pipistrel, Karen e Jaunt – também estão desenvolvendo seus protótipos de veículos aéreos.

A tendência é de que o projeto avance de forma rápida, mas cada País deve receber o projeto de maneiras diferentes, de acordo com a legislação de cada país.

Será que em 2020 já teremos ‘carros voadores’ pelas grandes cidades do Brasil? Se for para melhorar a mobilidade urbana nos grandes centros eu sou a favor, pois cidades como São Paulo e Rio de Janeiro as pessoas passam muito tempo no transito e com essa solução poderiam reduzir a quantidade de carros nas ruas melhorando assim a mobilidade das pessoas. 

MOB1.CLUB
Pauline Machado
Pauline Machado Seguir

Jornalista, MBA em Liderança e Gestão de Pessoas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É, ainda, certificada pelo Sebrae/RJ no curso EMPRETEC, desenvolvido pela Harvard University e Career, Business e Executive Coach pela SB Coaching.

Ler matéria completa
Indicados para você