Aryane Gouvea Especialista em Marketing na MOB1. Planejo ações e conteúdos que possam ajudar pessoas.

Os 4 critérios para você escolher um Software de Gestão Automotiva

2 min | leitura

Já falamos algumas vezes das vantagens de automatizar processos dentro de uma concessionária para aumentar a produtividade. Hoje, decidimos aprofundar o assunto falando sobre Softwares de Gestão Automotiva, o famoso ERP (Enterprise Resource Planning) ou, em português, Sistema Integrado de Gestão Empresarial.

O ERP é uma plataforma de software desenvolvida para facilitar a gestão e o controle de todas as operações dentro de uma empresa. 

Estas plataformas automatizam processos como: vendas, recursos humanos, cadastro de clientes e fornecedores, gestão de vendas, estoque, fretes e prazos, gestão financeira, bem como atendimento ao cliente.

Por conta disso, fazer a escolha correta deste sistema é fundamental para o seu negócio. 

Mas, quais as regras para escolher o melhor ERP para sua loja?

Vamos lhe ensinar ao longo deste artigo, acompanhe a seguir! 

Tipos de software de gestão automotiva

Os sistemas de gestão evoluem a cada dia,  portanto, há diversos tipos de ERP sendo comercializados. Alguns são engessados, de baixo custo e não permitem muitas integrações com outros canais. Outros, no entanto, são bastante flexíveis e escaláveis, sendo compostos por módulos integrados entre si, e a integração entre eles permite evoluir a operacionalidade do negócio. 

Principalmente nos negócios automotivos, como concessionárias, autocenters e montadoras, existem especificidades na rotina dos setores. Por isso, já existe no mercado um tipo específico de ERP para esse segmento, chamado de Dealership Management System (DMS).

O DMS é um sistema de gestão específico para o segmento de concessionárias, que contempla o fluxo de compra e venda de veículos, a geração automática de documentação, as operações financeiras, o controle de entrega dos veículos e as comissões de vendedores, entre outras funções.

Os mais utilizados no Brasil, dentro do setor automotivo, são Dealernet, Linx e NBS.

Há também opções chamadas de “verticalizadas” para pequenas empresas e para o varejo físico. Este tipo de sistema oferta soluções para operações de venda, faturamento e estoque.

Entre as opções mais modernas e avançadas, com possibilidade de escalar junto ao negócio, existem os ERPs Open Source, que são softwares de código aberto, e portanto gratuitos, mas que demandam um forte empenho do setor de tecnologia da empresa.

Já o sistema ERP Backoffice, assim como o Omnichannel são voltados  a integração do e-commerce com a loja física. No caso do Backoffice, o sistema funciona complementando o ERP corporativo menos flexível. O Omnichannel, por sua vez, é destinado a empresas que desejam integrar todos os seus canais de negócios, focando principalmente na experiência do consumidor.

Critérios para escolher o melhor ERP para o seu negócio

Certamente, o mais importante na hora de escolher um ERP é definir quais áreas e processos são prioritários para seu negócio. Para isso, é necessário fazer um estudo e compreender os focos da operação para automatização. 

Antes de definir critérios, você deve conhecer as opções disponíveis no mercado, avaliando suas funcionalidades, características, módulos, implementação, suporte, forma de cobrança (valores de: aquisição, compra de licença, mensalidade, valor por módulo ou unidade de negócio, customização) e atualização.

Um bom sistema de gestão deve:

  1. Atender o máximo das suas necessidades;
  2. Ter rápida implantação e integrar-se facilmente aos outros sistemas utilizados no negócio. Normalmente, a implantação é feita enquanto a empresa está em funcionamento, então é fundamental que a implantação seja rápida e que os colaboradores sintam que é fácil se adequar ao Software. ERPs que disponibilizam treinamentos e atendimentos especializados devem ser priorizados;
  3. Ser escalável, afinal, o sistema de gestão precisa crescer paralelamente ao crescimento do seu negócio;
  4. Realizar demonstração do produto e/ou permitir um período de teste da versão comercial antes da contratação. 

Pensando em adotar um ERP para sua loja? Então, aplique desde já essas dicas e contrate um sistema de gestão automotiva para elevar os níveis de serviço da sua concessionária, tornar sua logística mais eficiente, sua operação de venda mais assertiva  e suas rotinas fiscais, financeiras e gerenciais mais rápidas e completas!

Aryane Gouvea Especialista em Marketing na MOB1. Planejo ações e conteúdos que possam ajudar pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *