Ricardo Cabianca Propósito: desenvolver negócios que causem real impacto positivo na sociedade.

Qual a Relação de uma Transportadora Digital com a Mobilidade Urbana?

2 min | leitura

Apesar dos investimentos para melhorar o trânsito, modernizar empresas e diminuir custos, vemos muitas empresas sofrerem com problemas de logística. Algo que poderia ser resolvido com um estudo sobre a relação entre a transportadora digital e a mobilidade urbana.

Os males causados ao ser humano, ao meio ambiente e à economia pelo grande volume de veículos nas ruas dos grandes centros são conhecidos e discutidos há anos, principalmente quando falamos de mobilidade

Cenário brasileiro No Transporte

No Brasil, mais de 100 municípios já tiveram que tomar medidas de restrição de circulação de veículos em áreas e horários determinados para amenizar os problemas causados pelo trânsito. 

Providências como essas afetam as empresas de transporte de carga, principalmente o trajeto conhecido como last mile – percurso final entre os centros de distribuição e o endereço de entrega.

E, apesar de necessárias, essas restrições podem gerar um custo adicional para o transporte de mercadorias.

A saída para esse tipo de situação passa por um planejamento integrado que inclui gestão eficiente da frota, entendimento do negócio e das necessidades do cliente e flexibilidade para se adequar às novas regras preservando a saúde financeira da empresa.

Uma medida eficiente que as transportadoras podem tomar para melhorar a mobilidade urbana está relacionada à localização dos seus centros de distribuição. 

Um estudo cuidadoso de rotas pode indicar onde seriam os melhores pontos para a instalação das estações. 

Uppertruck e a transportadora digital 

 O Gráfico abaixo representa a contribuição das transportadoras digitais para sociedade, meio ambiente e economia.

Como é possível perceber, toda a cadeia produtiva é bastante dependente do transporte rodoviário. No entanto já começa a existir uma projeção de mudança e outras tendências no transporte para os próximos anos.

A Uppertruck dispõe de um sistema de inteligência que possibilita ao ecossistema de transportes de cargas a criação de um elo direto.

Ou seja, sem nenhum tipo de intermediação entre o embarcador de uma carga configurado por uma indústria e um transportador autônomo.

O sistema que utilizado para a criação dessa ligação é o machine learning. Método de análise de dados que automatiza a construção de modelos analíticos. 

Por meio desse sistema um simples caminhão é capaz de rodar menos para a obtenção de uma carga para complementar o seu faturamento.

Isso melhora o trânsito, a segurança, diminui trajetos, custos e tempo de espera.

Para que você possa entender melhor suponhamos que existe uma grande empresa que solicitou uma enorme quantidade de produtos em uma carga X. 

Porém, na mesma rota existe uma empresa menor que deseja apenas 5 quantidades desse mesmo produto.

Por meio do sistema da Uppertruck será possível que você, dono de um veículo utilitário que tem disponibilidade e espaço disponível seja encontrado e possa levar até o destino final essa carga.

Visão estratégica

Ter uma visão estratégica, holística e integrada da cidade será importante no futuro, pois nenhuma solução isolada irá resolver o problema da mobilidade. 

As cidades terão que aprender a conviver com diferentes soluções em mobilidade. 

Elas incluem BRTs (veículos articulados que trafegam em corredores exclusivos), metrôs e VLTs (trens modernos de superfície), carros e ônibus elétricos, veículos autônomos (sem motorista na direção). 

Requerem pistas e trilhos exclusivos, grandes rodovias e pequenas ruas, além de espaços para caminhada e pedalada.

Para essa visão estratégica e abrangente, vale pensar nas cidades como uma estrutura, um esqueleto forjado pela história e cultura, sobre a qual se ergue a vida das pessoas.

Nela são tomadas decisões cruciais sobre locais para moradia, trabalho, entretenimento, alternativas de mobilidade urbana e agora, cada vez mais, possibilidades de conexão, como com a transportadora digital

Gostou? Então curta esse post.

Este artigo é um Guest Post, escrito pelo autor Ivan Ferreira para Uppertruck.

Ricardo Cabianca Propósito: desenvolver negócios que causem real impacto positivo na sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *