[ editar artigo]

As cidades modelo de mobilidade urbana no mundo

As cidades modelo de mobilidade urbana no mundo

Imagina morar em uma cidade modelo de mobilidade urbana, onde o trânsito funciona, onde os pedestres e ciclistas transitam livremente, onde o transporte público funciona perfeitamente. Uma maravilha não é mesmo? Existem algumas cidades modelo de mobilidade urbana que funcionam assim.

Para ser uma cidade modelo de mobilidade urbana é preciso pensar em muito mais que o transporte público. É necessário criar maneiras de integrar muitos meios de se locomover, como bicicletas, patinetes, pedestres, ônibus e metrô.

As cidades que são consideradas verdadeiras smartcities pensam cada vez mais no transporte não motorizado, que causa muito menos impacto no meio ambiente, além de contribuir com a saúde de sua população. Esse estímulo aos meios de transporte diversos transforam a vida das pessoas nas cidades modelo de mobilidade.

Conheça aqui 3 cidades modelo de mobilidade e suas principais características no transporte:

Berlim na Alemanha: Os trens, ônibus, metrôs, carros e especialmente as bicicletas rodam em total harmonia. As políticas públicas são voltadas cada vez mais para o planejamento de vias para pedestres e bikes e 40% das viagens pela cidade já são feitas assim, andando ou pedalando.

Zurique na Suíça: Por lá os ônibus e os trens, que são uma espécie de bonde sobre trilhos e também as caminhadas são os meios de transporte mais usados. Há um ponto de ônibus e tram a cada 300 metros, em média. O governo vem investindo na ampliação das ciclovias e também na troca dos ônibus que ainda usam combustível fóssil por modelos elétricos.

Cambridge no Reino Unido: Desde 2011 a cidade ganhou o BHLS, ou Ônibus com Alto Nível de Serviço. Foi construído onde antes era uma ferrovia e são muito mais velozes e seguros, também foi pensando em uma maneira de integração dos transportes. As estações tem bicicletários, para que os usuários cheguem até lá de bike e possam fazer parte do trajeto de bicicleta e parte de ônibus em segurança.

Além dessas cidades modelo de mobilidade, temos também um super exemplo que é Amsterdã na Holanda, que já falamos aqui. Por lá as bikes são prioridade. O que notamos em todas essas smartcities é que o governo faz muita diferença, porque é ele quem decide e prioriza os investimentos. E é bem legal quando as pessoas são beneficiadas.

E você já visitou alguma dessas cidades ou outra cidade modelo de mobilidade urbana? Conta aqui pra gente ☺

MOB1.CLUB
Jean Tossin
Jean Tossin Seguir

Atuo na área de marketing na empresa Domus.

Ler matéria completa
Indicados para você