[ editar artigo]

Greve de ônibus e o impacto na nossa vida

Greve de ônibus e o impacto na nossa vida

Sempre que acontece uma greve de ônibus muitas pessoas são afetadas pelo país todo. Depois de passar por algumas aqui na minha cidade, comecei a me preparar melhor para esses dias e quero compartilhar aqui a minha experiência com vocês.

Eu não tenho carro e dependo exclusivamente do transporte público, moro mais ou menos longe do trabalho, então, ir de bicicleta ou de skate não é uma opção viável pra mim, até porque eu nem tenho uma bicicleta, nem um skate. Então, quando acontece uma greve de ônibus eu fico em situação realmente complicada.

Compreendo que os grevistas têm seus motivos, mas de qualquer forma, preciso estar preparada para não perder dias de trabalho, afinal, no meu emprego faltar não é bem visto. Mesmo quando isso acontece por conta de uma greve de ônibus.

Nos últimos dias tenho ouvido comentários sobre a possibilidade de uma nova greve de ônibus que deve afetar muitas cidades aqui no Brasil, por isso, vim aqui contar algumas coisas que eu faço nos casos de paralização. Espero poder ajudar algumas pessoas a estarem preparadas para esses dias de greve de ônibus.

Como se preparar para a greve de ônibus:

Em muitos casos é possível chegar no trabalho ou no seu compromisso com uma caminhada, ou de bicicleta, patinete ou skate. Como eu falei, em alguns casos isso é possível, depende da distância, do tipo de percurso e também se você tem algum desses itens para usar na sua mobilidade.

Usar uber ou táxi no dia da greve também é uma saída que pode dar certo. Digo que pode, porque eu já tentei e não consegui, muitas pessoas usam essa saída para ir e vir nos dias de greve. O ideal é chamar o carro com bastante antecedência, além de ser difícil conseguir o carro, o trânsito nesses dias fica muito mais intenso. Eu já usei essa solução e deu certo, mas pedi o carro bem antes!

O que eu tenho feito nas últimas greves e que tem sido o mais prático e também o mais econômico, é combinar com algum colega de trabalho uma carona, ou usar um aplicativo de compartilhamento de carro, como o Waze Carpool ou o Blá Blá Car.

Tenho conseguido me organizar bem dessa forma e chegar no trabalho na hora, sem nenhum prejuízo pra minha rotina. Fica bem mais barato que o uber ou o táxi e ainda acabo conhecendo algumas pessoas nos caminhos.

E você, já passou algum perrengue em dias de greve de ônibus? Como fez para se locomover nesse dia?

MOB1.CLUB
Maria Cecilia Morgado
Maria Cecilia Morgado Seguir

Adoro tecnologia e o Mickey. rs. busco informações sobre mobilidade.

Ler matéria completa
Indicados para você