[ editar artigo]

Você sabe como funcionam os Semáforos?

Você sabe como funcionam os Semáforos?

Dá para imaginar uma cidade inteira sem nenhum semáforo? Eu acho que tudo se transformaria em um imenso caos. Precisamos de maneiras que nos ajudem a melhorar continuamente o tráfego nas cidades e que sejam seguras e eficientes. Você tem alguma ideia de como funcionam os semáforos?

Eu nunca tinha parado pra pensar em como funcionam os semáforos, até que comecei a notar que sem eles, tudo se transformaria em um grande caos. Os semáforos são tão comuns em nosso dia a dia que as vezes não percebemos a diferença que eles fazem.

Em um dia de muita chuva aqui na minha cidade muitos semáforos pararam de funcionar e então eu percebi a importância deles para o trânsito e fui me informar mais sobre como os semáforos funcionam. Pra você também saber mais do assunto, vou compartilhar o que eu aprendi aqui.

Como funcionam os semáforos:

A primeira coisa que eu descobri e que quero compartilhar é que existe mais um tipo de tecnologia para o funcionamento dos semáforos. Alguns modelos são ultra modernos e fazem ajustes ao longo do dia e da noite, conforme o fluxo de carros no cruzamento, esses são os mais eficientes, mas ainda são bastante caros e não são muito usados aqui no Brasil.

Os mais usados por aqui têm uma tecnologia que precisa de um pouco de investimento de tempo de técnicos para calcular o tempo que cada semáforo precisa ficar aberto ou fechado para cada rua e cada cruzamento. E alguns ainda são ajustados na base da tentativa e erro.

Respondendo à questão principal sobre como funcionam os semáforos, vou focar no modelo mais usado nas cidades brasileiras. Em geral o controle é feito por um tempo variável de cada semáforo em que a luz deve ficar verde.

Para determinar esse tempo, em geral, técnicos vão até a via e fazem medições durante alguns dias para determinar por exemplo o fluxo de carros por minuto, o tamanho dos congestionamentos, se tem ou não carros estacionados naquela rua, a quantidade de lombadas e radares, a velocidade média e o fluxo de pedestres.

Depois de levantar todos esses dados em campo, eles voltam pro escritório e usam cálculos que cruzam todos esses dados para chegar ao tempo em que cada semáforo precisa ficar verde, amarelo e vermelho. Com todos esses dados também é realizado um cálculo para permitir a famosa onda verde.

A onde verde é essencial para o bom andamento do trânsito nas cidades, é ela que permite que você consiga se deslocar por vários semáforos abertos, e não tenha que ficar parado em todos. Imagina o tamanho do congestionamento sem a onda verde, com todo mundo parado a cada esquina?

Os sistemas mais modernos têm um método diferente de controle dos semáforos. É tudo computadorizado e as medições são feitas em tempo real. Nesse caso a resposta para a pergunta sobre como funcionam os semáforos seria bem diferente, e acredite, o trânsito seria muito melhor. Mas essa ainda não é a realidade brasileira.

Existem também sistemas ainda mais antigos e a velha tentativa e erro que dificulta demais o tráfego. Além disso, a manutenção dos semáforos precisa ser constante para que funcionem bem e não interfiram de modo ruim no trânsito.

Uma curiosidade, o primeiro semáforo do mundo foi instalado em Westminster – Londres, em dezembro de 1868 no cruzamento da Great George Street e Bridge Street, pertinho do Palácio de Westminster.

Agora que você já sabe um pouco sobre como funcionam os semáforos, dá uma olhada aí na sua cidade se a onda verde realmente funciona e se os tempos de verde e vermelho são adequados pra realidade do trânsito!

Tem alguma história legal sobre o trânsito, conta aqui pra gente 😊

MOB1.CLUB
Rodrigo Fernando Aroma
Rodrigo Fernando Aroma Seguir

Sou um guerreiro, atuando como motorista particular em São Paulo, são 12 anos de experiência nesta área, tenho algumas histórias para contar sobre trânsitos e carros, rs.

Ler matéria completa
Indicados para você