[ editar artigo]

Você vive em uma Smartcity? Eu vivo, e vivo em Curitiba!

Você vive em uma Smartcity? Eu vivo, e vivo em Curitiba!

Você já sabe o que é uma Smartcity? Um conceito relativamente novo que vem ganhando o mundo e muitas cidades aqui no Brasil. O enfoque é que a cidade seja criativa, tecnológica e sustentável e que tudo isso reflita de alguma maneira no dia a dia de seus moradores.

Eu moro em Curitiba, que em 2018 ocupou a primeira posição no ranking das Smartcities brasileiras, ultrapassando até mesmo São Paulo que liderava antes. Sendo morador de uma cidade Smartcity ou Cidade Inteligente, reuni aqui algumas informações para te contar o porque é tão legal e morar em uma das melhores cidades para se viver do Brasil.

Para ser considerada uma Smartcity é preciso que a cidade participe da mensuração de resultados de alguns itens pré-definidos. São 70 indicadores divididos em 11 eixos: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança.

Todos os eixos são importantes e a melhoria de cada um deles gera impacto direto na qualidade de vida de quem mora na cidade, de quem vem a passeio também, mas a grande diferença está no dia a dia.

Na última avaliação, Curitiba apresentou significativos avanços nos eixos de governança, educação, empreendedorismo, inovação, urbanismo, economia e tecnologia. Morando na cidade posso dizer que vi esforço do poder público para que a cidade melhorasse no ranking das Smartcities, e que isso tivesse reflexo na vida das pessoas.

Eu entendo que com o passar do tempo mais cidades entrarão para o ranking das Smartcities, porque isso tem haver com melhoria para a população e com melhor investimento público. A administração pública precisa se profissionalizar cada vez mais para garantir investimentos mais precisos e ampliação dos sistemas de atendimento.

Por exemplo, aqui em Curitiba a prefeitura criou o Vale do Pinhão, que é inspirado no Vale do Silício, nos Estados Unidos. A ideia é reunir pessoas e empresas, que tenham como objetivo o desenvolvimento e a inovação. Além da prefeitura, também são parte do sistema a Associação Comercial, o SEBRAE, a FIEP, o Fecomércio, a PUC Paraná, a UTFPR, a UP e a UFPR.

Eu que sou morador da cidade vejo vários benefícios que são característicos de uma Smartcity em minha rotina. Por exemplo, a iluminação pública e os semáforos são mais inteligentes, gastam menos energia.

A destinação de resíduos da cidade também é mais bem pensada, tem mais áreas verdes e mais preservação em outras que já existiam, o que melhora muito a qualidade do ar que eu respiro. O transporte público além de estar melhor, está sendo mais bem pensado.

Uma coisa que eu noto é uma preocupação da Prefeitura Municipal em construir algo sólido, e não somente uma coisa que seja para o tempo de governo do prefeito atual. Isso faz muita diferença na vida dos cidadãos.

Curitiba é uma Smartcity que vale a pena conhecer. Uma das coisas que ajudou a cidade a subir no ranking e alcançar o primeiro lugar, foi uma mudança no critério de avaliação. Agora as avaliações são feitas com base no número de habitantes, as ciclovias, por exemplo, são medidas em quilômetros por cem mil habitantes.

Isso tornou a medição mais justa com cidades que não são do tamanho de São Paulo. Curitiba pensou em um planejamento urbano de mais qualidade, mesmo sem ser uma cidade planejada desde a sua fundação. Houve um esforço de reestruturação para o ambiente ficar mais sintonizado e funcional.

A sustentabilidade também tem destaque, estamos passando por melhorias no consumo de energia, incentivo ao uso dos recicláveis, tratamento mais adequado do lixo. Podem parecer iniciativas simples demais, mas acredite, alteram a vida em uma Smartcity.

Ranking Nacional e Internacional de Smartcity

O ranking com as 10 Smartcities ficou assim: Curitiba, São Paulo, Vitória, Campinas, Florianópolis, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Santos e Niterói. No ranking mundial são 7 cidades: Nova Iorque, Amsterdã, Tóquio, São Francisco, Viena, Copenhagen e a lista é fechada com Curitiba!

O ranking mundial aponta algumas ações para brindar a cidade com o 7º lugar dentre as Smartcities: Curitiba é uma das cidades com mais áreas verdes do Brasil, 70% dos resíduos produzidos por sua população é reciclado. 70% da população usa um sistema de transporte público que funciona e ônibus usados viram escolas itinerantes que educam sobre sustentabilidade.

MOB1.CLUB
Thais C.
Thais C. Seguir

Admiradora de tecnologia e novidades!

Ler matéria completa
Indicados para você